Prefeito Edivaldo recebe delegação chinesa visando ampliar parcerias na área de educação

Publicado em   13/out/2017
por  Caio Hostilio

Visando ampliar as parcerias e o intercâmbio entre São Luís e o governo municipal de Wuhan, cidade chinesa com a qual a Prefeitura de São Luís mantém parceria de cooperação bilateral, o prefeito Edivaldo recebeu, nesta quinta-feira (12), nova delegação da área da Educação do município de Wuhan, em audiência realizada no Palácio La Ravardière. A reunião foi também o primeiro compromisso oficial do prefeito e da vice-prefeita Criança de São Luís, Thiago Cutrim e Kimberly Saori, na função que lhes foi outorgada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), na quarta-feira (11).

Na audiência, Edivaldo destacou a importância da consolidação das parcerias entre São Luís e Wuhan, primeira cidade com a qual a gestão estabeleceu acordo de irmandade. O prefeito acrescentou que, no próximo domingo, 15, uma nova delegação de secretários municipais de São Luís partirá para uma nova missão na Ásia, entre os países está a China, em busca de investimentos nas áreas do turismo, comércio, educação, entre outras.

“O relacionamento institucional com a cidade de Wuhan tem sido extremamente proveitoso para o município em diversos aspectos. Estamos contabilizado muitos avanços no esforço de aproximar nossas cidades e garantir resultados relevantes fruto dessa união de irmandade. Nosso maior objetivo é promover a expansão das relações internacionais de São Luís com outras cidades do mundo, buscando firmar parcerias com cidades que têm expertise nas áreas em que buscamos progredir e Wuhan tem nos proporcionado isso”, afirmou Edivaldo.

Na reunião, o diretor geral do Departamento de Educação de Wuhan, Xu Dingbin, ressaltou a importância da parceria entre as cidades co-irmãs. “São Luís tem potenciais diversos e percebemos que muitas das ações têm foco na educação. Nós, que somos da área educacional, nos colocamos à inteira disposição da cidade para ampliarmos esta parceria e colaborarmos com o que for possível no setor. Queremos também absorver o que o município tem de melhor a nos apresentar”, disse o diretor.

Também participaram da reunião os secretário municipais Moacir Feitosa (Educação), Antonio Calado (adjunto de Governo), Socorro Araújo (Turismo); o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Maranhão, Alan Kardec Duailibe e o assessor jurídico da Secretaria de Articulação Institucional (Semai), Diego Aceiza Nunes, que, no ato, representou a titular da pasta, Ana Paula Nogueira. E a comitiva chinesa formada por Peng Xiambio Dingbin, Zh Sibiao, Guo Junchum, Zhang Nianqiamg.

Na ocasião, o secretário de Educação, Moacir Feitosa, apresentou à delegação chinesa o programa municipal ‘Educar Mais”, que tem em seu bojo pilares importantes que visam à qualidade do ensino e à melhoria dos indicadores educacionais do município, por meio de ações concretas como a reforma e requalificação de escolas da rede, a capacitação continuada dos educadores e a implantação de sistema próprio de avaliação em larga escala, que garantirá ao gestor escolar e ao professor as ferramentas e dados para diagnósticos da realidade escolar, capazes de auxiliar na elaboração de soluções para os problemas identificados pela avaliação.

Feitosa pontuou ainda os resultados positivos que a capital maranhense está tendo com a mútua cooperação entre as duas cidades, na área da educação. Entre as ações de intercâmbio já consolidadas na área está a participação de estudantes da rede municipal de ensino de São Luís no Acampamento de Verão de Amizade Internacional da Cidade de Wuhan, realizado pelo Governo Popular Municipal chinês, com o objetivo de desenvolver a compreensão dos adolescentes sobre a cultura chinesa e os costumes locais.

O evento aconteceu de 19 de junho a 2 de julho deste ano. As aulas que os alunos tiveram durante o acampamento em Wuhan abordaram aspectos culturais e educacionais como arte tradicional, artes marciais, música, fonética e conversação do mandarim, caligrafia e pintura com pincel chinês. Os alunos contaram com apoio financeiro para passagens, estudo do mandarim, alojamento e alimentação. Outro ação importante fruto da parceria foi a participação de seis jovens alunos da rede pública no ‘Encontro de Artes Marciais e Cultura’, realizado também em Wuhan, no fim de agosto.

Ainda na área da educação, como resultado do relacionamento de cooperação bilateral com o governo municipal de Wuhan, está em vias de ser concretizada a instalação do Instituto Confúcio, em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (Ufma). O objetivo é desenvolver projetos diversos, entre eles, o ensino do mandarim (idioma oficial da China) e outras capacitações voltadas aos jovens. A iniciativa também é fruto de parceria articulada pela Prefeitura de São Luís, o Governo do Estado e a Ufma.

O Instituto Confúcio é uma instituição chinesa não lucrativa, cujo objetivo é promover a cultura do país, dando suporte ao ensino da língua chinesa em todo o mundo, bem como difundir a cultura e os costumes chineses ao redor do mundo. O objetivo é dar oportunidade para que estudantes da rede municipal e estadual, funcionários governamentais e técnicos de empresas privadas possam desenvolver o estudo do mandarim, além de entender questões importantes da cultura e da história desse país.

A reunião realizada nesta quinta-feira (12) foi mais um passo dado para avançar ainda mais também em outros setores que já estão sendo discutidos com o governo de Wuhan, principalmente nas áreas do comércio, indústria, mobilidade urbana, tecnologia, turismo, infraestrutura, entre outras. Atualmente, a China é o principal parceiro comercial do Brasil e muitos dos produtos que são exportados para aquele país são produzidos no Maranhão ou passam pelo Maranhão, pelo Porto do Itaqui.

Compartilhe :

*/?>

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog