Notícias

Publicado em   30/set/2014
por  Caio Hostilio

Lobão Filho defende preservação da cultura e economia criativa

Lobao Filho_Santa Ines (3)O candidato a governador Lobão Filho, da coligação “Pra frente, Maranhão”, disse nesta terça-feira que a diversidade cultural maranhense será utilizada como forte indutor do turismo no estado. Ele explicou que, com o apoio do governo federal ou por meio de parcerias público-privadas, fará investimentos em projetos de restauração e reocupação do Centro Histórico de São Luís. Lobão Filho defendeu a descentralização das ações culturais do governo através de projetos de incentivo às manifestações artísticas em todos os municípios do estado. O Maranhão, segundo ele, tem um grande potencial na área da cultura, como o seu patrimônio histórico, o artesanato, a música, a culinária e o folclore, atrativos que o diferenciam de outros estados do Brasil. Um dos pontos defendidos por Lobão Filho no seu Programa de Aceleração do Crescimento (PAM) é o fomento à economia criativa, com ações capazes de transformar a produção cultural em bens de consumo. “Nosso objetivo é valorizar a criatividade regional, como forma de preservar nossas origens e ao mesmo tempo oferecer oportunidades de mercado aos nossos artistas e produtores culturais”, justificou. O candidato informou que vai construir um centro cultural permanente nas proximidades do bairro da Madre de Deus, um dos celeiros da cultura do Maranhão. O espaço será destinado a desfiles de agremiações carnavalescas e apresentações de grupos folclóricos nos festejos juninos, e contará com programação variada durante todo o ano. “O nosso maior patrimônio é o nosso povo. É ele quem faz do Maranhão um estado maior e mais bonito”, frisou Lobão Filho.

Governadora Roseana inaugura Unidade de Segurança Comunitária do Coroadinho

 Foto 2 - coroadinhoA governadora Roseana Sarney inaugurou, nesta terça-feira (30), a Unidade de Segurança Comunitária (USC) Bom Jesus/Coroadinho, em São Luís. Acompanhada do secretário de Estado de Segurança Pública, Marcos Affonso Júnior; do comandante Geral da Polícia Militar, coronel Zanoni Porto, a governadora disse que a estratégia é contar com o apoio dos moradores para combater a criminalidade. “O projeto da USC é uma realidade no Maranhão e serve de exemplo para todo o país”, declarou. Roseana Sarney disse que o local é, na verdade, um centro comunitário de convergência onde os moradores que devem colaborar com a polícia. “O atendimento é 24 horas, uma unidade que dispõe de equipamentos para combater a criminalidade”, ressaltou. A governadora revelou que outras 18 USCs estão sendo construídas no interior do estado em municípios como Imperatriz, Balsas, Barra do Corda, Timon, entre outros. Somente em obras e reaparelhamento da polícia os investimentos superam R$ 100 milhões, somente em 2014. A USC Bom Jesus/Coroadinho está localizada na Avenida José Sarney, s/nº. A Unidade de Segurança vai contar com um aparato de 60 policiais, 3 viaturas, 8 motocicletas, além do sistema de videomonitoramento. O espaço também é destinado à inclusão social dos moradores, com a oferta de cursos profissionalizantes e projetos sociais. “É um projeto diferenciado, pois além do seu trabalho ostensivo de combate ao crime, alia também o trabalho social”, declarou o secretário de Segurança Pública, Marcos Affonso Júnior. Ele revelou que a proposta nasceu a partir das ideias das Unidades Pacificadoras do Rio de Janeiro, mas foi aprimorado e incluiu a participação da sociedade como parceira. “Hoje temos o reconhecimento da Secretaria Nacional de Segurança Pública, que apresenta o projeto para os demais estados da federação como modelo a ser adotado de resultado positivo”, destacou. O comandante da USC, capitão Joselito Mendes, disse que o trabalho na área foi definido após um levantamento de toda a comunidade. “Fizemos um mapeamento de todas as ruas, conversamos com as lideranças das comunidades do Coroadinho e definimos que o trabalho será desenvolvido com o apoio de motos”, revelou. As vias dos 28 bairros que compõe o Polo Coroadinho vão ser patrulhadas de motos pelo Esquadrão Tigre. Para o comandante Geral da Polícia Militar, coronel Zanoni Porto, a USC nasceu de uma proposta do governo estadual de combater a criminalidade de maneira efetiva em 2009. “Os investimentos foram fundamentais, pois saímos de 7 mil para 9 mil o número de PMs, houve renovação da frota nos municípios, ampliamos de um para cinco os comandos na região metropolitana; de 11 para 16 o número de batalhões e de 13 para 16 as Companhias Independentes”, revelou. Ele disse que o trabalho dos policiais na UCS vai precisar da colaboração dos moradores. “A regra é manter o estado civilizado, nossa meta é atender os 28 bairros que compõem o polo, beneficiando mais de 80 mil pessoas que moram na área”. Considerada uma das principais armas de combate ao crime, o sistema de videomonitoramento do Polo Coroadinho vai contar com 10 câmeras de alta resolução instaladas nos pontos mais críticos da área. As câmeras de videomonitoramento, que têm um alcance óptico de 600 metros (mais zoom digital, podendo chegar a 1.000 metros), irão permitir o controle 24 horas por dia, de toda a movimentação na área. Os equipamentos estão interligados a um centro de comando na própria USC e também ao Ciops, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP). Os equipamentos devem ajudar na prevenção e combate à criminalidade.

População de São Luís ganha mais uma UPA construída pelo governo estadual

Foto 2 Gov. Inaugura UPA DA VILA LUIZÃO foto Geraldo FurtadoA sexta Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Luis foi inaugurada nesta terça-feira (30), no bairro da Vila Luizão, pela governadora Roseana Sarney e pelo subsecretário de Estado da Saúde, José Márcio Leite. A unidade de saúde fica ao lado do Centro de Especialidades Médicas (CEM) da Vila Luizão e funcionará 24 horas, com atendimentos de urgência e emergência nas áreas de clínica médica e pediatria. A inauguração contou com a presença dos diretores das unidades hospitalares de São Luis e pessoas da comunidade. Roseana Sarney disse que a UPA foi construída com recursos do Tesouro Estadual e, assim como o CEM da Vila Luizão, vai atender com eficiência a demanda das pessoas que moram na comunidade e nos 14 bairros adjacentes.  “Esta é mais uma importante obra que entregamos para os maranhenses. Estou deixando o governo do Maranhão com a absoluta certeza do dever cumprido e de que nenhum outro governante investiu tanto para organizar e colocar em funcionamento uma rede de saúde pública eficaz e resolutiva. O nosso trabalho serve de exemplo para todo o país”, enfatizou. Do tipo III, a UPA da Vila Luizão tem 1.340 metros quadrados de área construída e obedece ao padrão de atendimento das demais UPAs entregues à população – Itaqui-Bacanga, Parque Vitória, Vinhais, Cidade Operária e Araçagy. Assim como no Vinhais e Cidade Operária, a UPA fica ao lado do CEM da Vila Luizão – que atende a parte ambulatorial de pediatria, ortopedista, gastroenterologia, neurologista, reumatologia, clínico geral, dermatologista, ginecologia, obstetrícia e cirurgião geral. José Márcio Leite disse que a determinação da governadora Roseana Sarney e do secretário de Saúde Ricardo Murad foi fundamental para que a saúde alcançasse este patamar. “Um esforço gigantesco em investimentos em construção, equipamentos e contratação de mão-de-obra foi feito pelo governo para que a população pudesse ser atendida com respeito, dignidade e confiança. Não podemos evitar a doença, mas tudo foi feito para que os pacientes tenham à disposição todo o serviço de apoio, diagnóstico e tratamento”, afirmou. A diretora da UPA e do CEM da Vila Luizão, Ana Emília Castelo Branco, disse que a entrega da unidade representa a realização de um sonho para a comunidade, que almejava o retorno dos atendimentos de urgência e emergência para o bairro. “Além do pronto-atendimento, eles terão à disposição 24 horas os serviços de radiologia e atendimento de clínico geral e pediatria, para que possamos também desafogar o atendimento nas outras UPAs”, disse. O número de moradores presentes à inauguração dava a dimensão da alegria da população com a nova unidade de saúde. Maria da Glória Melo Amaral, coordenadora de Segurança da Área Norte Sétimo DP, disse que a UPA é uma presente de Deus e do secretário Ricardo Murad. “No nosso bairro tem muita gente carente e que precisa de atendimento digno e próximo de sua casa. Esta UPA foi uma reivindicação dos empresários, das igrejas e da comunidade que se tornou uma realidade”, afirmou. Morador da Vila Luizão, o segurança Albino Mendes falou dos benefícios que a unidade vai trazer para a comunidade. “A nossa comunidade é grande e pela primeira vez está sendo priorizada com atendimento de saúde digno e em ambientes limpos. O CEM vai garantir as consultas com especialistas e a UPA vai fazer os primeiros atendimentos de emergência”, completou. Na área de saúde já foram entregues 61 unidades do Programa Saúde é Vida, em São Luís e no interior do Maranhão, que se somam a 11 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), sendo seis na capital e nos municípios de Coroatá, Imperatriz, Codó, São João dos Patos e Timon. Ainda esta semana serão inaugurados hospitais de 20 leitos em Nova Iorque, São João do Paraíso e Bequimão.

Compartilhe :

*/?>

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog