Por 61 X 20, o Senado aprova o impeachment de Dilma e mantém os direitos políticos da ex-presidente

Publicado em   31/ago/2016
por  Caio Hostilio

dilmaO plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (31), por 61 votos favoráveis e 20 contrários, o impeachment de Dilma Rousseff. A presidente afastada foi condenada sob a acusação de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal – as chamadas “pedaladas fiscais” no Plano Safra e os decretos que geraram gastos sem autorização do Congresso Nacional.

Temer deve ser empossado presidente da República ainda nesta quarta, em sessão do Congresso Nacional que será realizada no plenário da Câmara.

Já Dilma deverá desocupar em até 30 dias o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, em Brasília, e terá reduzida para oito servidores sua equipe de assessores, seguranças e motorista.

 Vale lembrar que foi somente esse caso de impeachment no Brasil, pois em 1992, Fernando Collor de Melo sofreu o impeachment, por muito menos improbidade cometidos por Dilma.

Michel Temer toma posse às 16 horas, no plenário do Senado.

Dilma com os direitos políticos poderá exercer cargos públicos, porém fica dúbio se ela poderá concorrer a pleitos eleitorais.

Compartilhe :

*/?>

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog