Andrea Murad apresenta números reais e desmente governo sobre economia na saúde

Publicado em   20/jun/2017
por  Caio Hostilio

 

Na Sessão Plenária desta segunda-feira (19), a deputada estadual Andrea Murad (PMDB) usou o maior tempo da tribuna para rebater as informações do governo sobre uma suposta economia nos gastos com a rede estadual de saúde. Nas últimas semanas, o governo Flávio Dino divulgou informações sobre a economia de R$ 508,2 milhões em gastos com OS nos 2 anos de sua gestão.  Para a líder de oposição, não houve economia, mas sim um acréscimo de pouco mais de R$ 4 milhões. Andrea Murad comparou os gastos das mesmas unidades deixadas em pleno e perfeito funcionamento em dezembro de 2014. O valor pago naquele mês pelo custeio de 40 unidades de saúde do estado foi de R$ 84.138.654,36, enquanto que em março de 2017, o gasto do governo foi de R$ 88.807.166,7
“É balela sua afirmação de que o governo reduziu gastos na saúde. Existem sim reduções e estas demonstram seu coração de pedra, insensível, sacrificando quase 10 mil funcionários que estão sem receber seus direitos trabalhistas há anos, se equiparando ao trabalho escravo que tanto se combate no Brasil. Pressionado pelo MPT, o senhor (Flávio Dino) mandou a EMSERH contratar ilegalmente essas pessoas, mesmo o senhor sabendo que EMSERH não pode quarteirizar gestão através de OS e Oscips. E o que é pior, reduzindo salários de todos eles, como disse, sem pagar o que lhes são devidos, sem receber férias, décimo terceiro, sem o recolhimento de FGTS, INSS. Foi esta a economia que o senhor fez prejudicando mais de 7 mil famílias, deixando todos em uma situação precária de trabalho. Da mesma forma como cortou despesas reduzindo o número de médicos especialistas para realização de consultas. Portanto, a redução de gastos é com a redução da qualidade da saúde aos maranhenses, UPA’s precárias, hospitais sem o mínimo de estrutura e de materiais básicos para atendimentos”, discursou Andrea Murad.
A parlamentar anunciou ainda que pedirá à Secretaria de Estado da Saúde o detalhamento dos valores gastos com toda a rede em 2016, conforme divulgado pelo governo do estado como ano com maior investimento no setor.
“Vou fazer um requerimento para o Secretário Lula, pela milésima vez, para ele me detalhar os valores gastos em 2016, onde segundo ele foram maiores os investimentos na saúde nos últimos dez anos. Então espero que já que ele investiu nos últimos dez anos, em 2016 mais do que em qualquer outro ano, com tantos hospitais construídos, com tantos hospitais funcionando, eu quero que ele me diga detalhadamente onde foram feitos esses investimentos. Eu espero que não seja igual nas escolas sucateadas pelo Estado que o Secretário Felipe Camarão trouxe um relatório ridículo que só enganou a ele mesmo. Porque na hora que você vai olhar, as escolas não existem, os reparos não existem. As escolas estão sucateadas, estudantes fazendo panfletos no meio da rua pedindo pelo amor de Deus para que o Governo olhe para eles. Só que a saúde ainda consegue ser pior do que a educação”, disse Andrea.
OBSERVAÇÃO:
O plano operativo em anexo refere-se à comparação do custeio de 40 unidades na gestão de 2014, mês de dezembro, com o custeio das mesmas unidades na gestão de Flávio Dino em março de 2017.

Compartilhe :

*/?>

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog