A pergunta que não pode calar em Caxias: Onde foi parar o dinheiro da saúde do município?

Publicado em   30/jun/2017
por  Caio Hostilio

É preciso que a Secretaria de Saúde do Estado e a Bipartite declarem o que foi feito do dinheiro que era destinado a Prefeitura de Caxias até dezembro de 2016, com o objetivo de garantir o funcionamento adequado da Maternidade Carmosina Coutinho e da UPA.

Os valores repassados para a gestão dos Coutinhos, mais precisamente de Leo Coutinho, no primeiro semestre de 2016 foram na ordem de R$ 23.754.369,82, enquanto que na gestão de Fábio Gentil os valores repassados em 2017 foram de apenas R$ 446.067,40 mil. Uma redução de 98%.

Nesse período de 2017, o governo Flávio Dino repassou para o hospital dos Coutinhos: Casa de Saúde e Maternidade de Caxias Ltda, o valor de R$ 4.706.6014,84.

Cadê a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Maranhão que ainda não se manifestou diante dessa maldade com a gestão pública de Caxias? Seria porque o hospital do presidente da Casa, Humberto Coutinho, vem recebendo os recursos gordos da SES?

Como podem se calar diante de uma arbitrariedade tamanha? Pois os repasses milionários para a gestão de Leo Coutinho, em 2016, chamam a atenção, haja vista que teve o de R$ 8,1 milhões em fevereiro; R$ 11,7 milhões em maio e R$ 2,2 milhões em junho, enquanto que para Fábio Gentil o valor sequer chegou a R$ 500 mil!!!

Os caxienses não mereciam toda essa perseguição, ainda mais por serem livres para escolher aquele que gerará o município, como foi decretada com a vitória de Fábio Gentil.

Que o povo se manifeste diante dessa arbitrariedade, que é completamente antidemocrática, antiética e nada republicana.

Compartilhe :

*/?>

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog