Postos do município de São Luís estão prontos para o Dia ‘D” da Campanha de Multivacinação

Publicado em   15/set/2017
por  Caio Hostilio

Uma grande articulação foi desenvolvida pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), para realizar o Dia ‘D’ da Campanha Nacional de Multivacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos, que acontece neste sábado (16). Para isso, as 63 unidades de saúde da capital estarão abertas disponibilizando doses suficientes das 14 vacinas que serão ofertadas ao público-alvo da campanha, das 8h às 17h. A abertura oficial da campanha em São Luís será no Centro de Saúde Amar, na Vila Fialho, às 8h30.

A Campanha de Multivacinação, que vem sendo realizada em todo o país desde segunda-feira (11) e prossegue até dia 22 deste mês, é uma ação do Ministério da Saúde, que tem como meta vacinar cerca de 47 milhões de crianças menores de cinco anos, crianças de nove anos e também adolescentes de 10 a 15 anos incompletos. O objetivo é reforçar o acesso às vacinas principais e atualizar o calendário vacinal desses grupos, para evitar o reaparecimento de doenças já controladas ou mesmo eliminadas no país.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destaca a importância da atualização do calendário vacinal e faz um chamamento à população de São Luís no sentido de sensibilizar os grupos alvos da campanha, para imunizar o maior número possível de pessoas. “A Prefeitura de São Luís oferece na rotina todas as vacinas consideradas obrigatórias pelo Ministério da Saúde, mas muitas pessoas deixam de vacinar, o que aumenta os riscos de contraírem doenças imunopreveníveis. A intenção dessa campanha é diminuir o número de pessoas não vacinadas e ampliar a nossa cobertura vacinal no município”, afirmou o secretário Lula Fylho.

A superintendente de Vigilância Epidemiológica e Sanitária da Semus, Terezinha Lobo, assegurou que todas as vacinas previstas pela campanha estarão disponíveis no Dia ‘D’ deste sábado (16), nos postos de saúde da capital. “Todos devem levar o cartão de vacinação para que os técnicos da Semus avaliem o que precisa ser atualizado e administrem as doses necessárias”, alertou a superintendente Terezinha Lobo.

Entre as vacinas disponíveis no Dia ‘D’ estão a BCG – ID, Hepatite B, dT (dupla tipo adulto), Penta (DTP/Hib/Hep B), Febre amarela, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VOP (vacina oral contra pólio), dTpa, VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano), HPV, Vacina Pneumocócica, Vacina meningocócica e Tetraviral (Sarampo, rubéola, caxumba, varicela).

No caso da HPV, devem vacinar meninas a partir dos nove anos e meninos, a partir dos 11 anos. Quem já tomou a primeira dose, deve estar com intervalo de seis meses para que possa tomar a segunda dose.

Já a vacina contra a febre amarela, por exemplo, que precisava ser tomada a cada 10 anos, houve mudanças com relação ao período de imunização. Agora são apenas duas doses que imunizam de forma permanente. Crianças podem ser vacinadas a partir dos seis meses de vida. Caso não sejam imunizadas nesta idade, devem tomar a primeira dose aos cinco anos e a segunda após 30 dias.

Compartilhe :

*/?>

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog